quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Pensamento Positivo, o melhor ritual para o Reveillon...

















“O pensamento positivo pode vir naturalmente para alguns, mas também pode ser aprendido e cultivado, mude seus pensamentos e você mudará seu mundo.”
Norman Vincent Peale

“O pensamento é o ensaio da ação.”
Sigmund Freud

Mesmo os mais céticos - e que duvidam do poder das cores e das sementes na carteira -apostam em pequenas simpatias e superstições para garantir boas novas no ano que inicia.
O parapsicólogo Edson dos Santos diz que há uma sensação coletiva de que a virada é tempo de deixar para trás as coisas velhas e recomeçar.
“A magia do ano novo reside na idéia de abandonar o que passou e crer num novo tempo melhor”, diz.
Segundo ele, o apego às superstições e rituais se deve ao forte sincretismo religioso da cultura brasileira.
Conforme a parapsicologia explica, essa cultura impregnada torna-se uma espécie de programação mental e exige que todo o ritualismo seja cumprido, sob pena de fracassar qualquer esperança de renovação, de vida nova.
É por isso que ninguém arrisca deixar de pular as sete ondas ou jogar flores no mar.
Enquanto parapsicólogo, ele não indica rito específico algum.
Mas acredita que a reorganização mental e o abandono de velhos hábitos e programações podem ajudar.
“O legal é dispor-se a uma nova vida, cujos projetos e objetivos deverão ser renovados continuamente e não apenas na passagem do ano”.
Segundo ele, e conforme o professor Pedro Antonio Grisa, tudo o que se cria na mente subconsciente se torna realidade.

Viva o pensamento positivo!

Neste final de ano, sejam quais forem as suas metas, procure pensar o que fez de forma equivocada e alterar pequenos hábitos para levar uma vida mais leve.
Sorrir mais ou dizer às pessoas o quanto gosta delas, pode mudar até sua maneira de ver o mundo.

Um Feliz 2010 pra todos...

Fonte: Internet.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Dez "mandamentos" para organizar uma mala - Gloria Kalil...

1 - Comece a pensar a mala sempre a partir das peças íntimas, roupas de dormir e de banho, que são mais fáceis de resolver.
Para o restante, conte o número de dias e calcule uma média de duas peças de cima para cada peça de baixo.
Para o campo, às vezes é melhor contar um para um, se tiver muito passeio no mato ou passeio a cavalo.
Combine as cores de forma que as peças sejam intercambiáveis.
No verão, o ideal para a praia é o branco combinado com cores claras e vibrantes. Para o campo, cores neutras e mais escuras - tons de cáqui são bons - e uma ou outra peça mais vibrante;

2 - Pergunte para algum amigo que já tenha feito a viagem sobre a temperatura e os tipos de passeio, para já ir se preparando e consulte a previsão do tempo na internet;

3 - Lembre-se de que na serra ou na montanha costuma esfriar à noite.
E que o interior às vezes é mais quente que a praia.
Se o lugar para onde você vai for muito úmido, acrescente mais meias e eventualmente um sapato especial, caso for fazer trilhas;

4 - Não leve roupas que você não costuma usar, pois podem acabar sobrando e ocupando o lugar de peças mais fáceis.
Prefira peças que não amassam ou tecidos de fácil secagem, caso necessite lavá-las;

5 - Deixe separada a roupa completa do dia da viagem;

6 - Escolha uma mala leve e que tenha divisões.
As coloridas facilitam a identificação na esteira de bagagem, caso vá de avião.
As malas molinhas de couro, de carregar na mão, são charmosas, mas as de rodinha funcionam melhor, principalmente em viagens aéreas.

7 - Coloque tudo sobre a cama e veja se não dá pra tirar 30%.
E 20%?
Tá bom: 10% e não se fala mais nisso!

8 - Para arrumar a mala, comece pelas peças pesadas e evite dobrá-las muitas vezes.
Não deixe nem um espaçozinho vazio, vá preenchendo cada cantinho com calcinhas, meias ou acessórios - que podem ser protegidos por saquinhos finos de tecido;

9 - Nas viagens de avião não são permitidos objetos pontiagudos nas bagagens de mão.
Coloque, então, instrumentos de manicure ou canivetes na mala que será despachada. Evite viajar com acessórios de metal (colares, pulseiras, cintos, sapatos), pois dão um trabalhão diante do detector de metais;

10 - Ainda no avião: guarde remédios, documentos e parte do dinheiro na bagagem de mão, que deve ser leve e caber no compartimento do avião.
Não leve líquidos, nem comida.
Atenção aos líquidos na mala: eles podem vazar.
Embrulhe um a um se não quiser correr o risco de melar tudo no nécessaire.






















































Fonte: Internet.

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Brinde de Ano-Novo...























Brindar faz parte das festividades de Ano Novo.
Por ser verão aqui no Brasil é uma festa que pede drinks refrescantes à base de bebidas leves e frutas.
Pensando nisso, cheguei a conclusão de que nada combina mais com o momento e o nosso clima do que um drink à base de Espumante e frutas vermelhas.
Boas festas e que 2010 comece em clima de alegria, amor, paz, otimismo e muitos brindes com os familiares e amigos...

Bellini de frutas vermelhas

Ingredientes
1 morango
1 framboesa
1 amora
30 ml de calda de framboesa ou de amora

Modo de fazer:
Coloque as frutas na taça, despeje a calda e complete com espumante.

Fonte: Internet.

Como surgiu o brinde...

No seu livro Curiosidades sobre o Vinho, Pamela Vandike Price escreve um divertido conto de como surgiu o brinde...




















Uma vez no Monte Olimpo, houve problema entre os deuses.
Os Sete Sentidos haviam sido convidados a uma festa por Dionísio, o deus do vinho, mas mesmo as bebidas mais deliciosas que seu mordomo Baco servia com mão pródiga não deixavam todos satisfeitos.
Os Sentidos, pelo menos seis deles, expressaram satisfação em poder contribuir para as sessões de vinho.
A animação acendia os olhares e encorajava as pessoas a dançar.
O Sentimento passou muito tempo sorvendo goles de vinho, inclinando a cabeça sabiamente e trocando opiniões com a Fala, que estava ocupada com um caderno – vai ver que eram uma dupla de escritores especializados em vinho.
O sentido do Paladar estalava os lábio e mostrava expressões satisfeitas depois de engolir, olhando desdenhosamente para o sentido da Visão, que segurava um copo contra a luz do Sol, e o Olfato, que fazia ruídos como um leitão cheirando alguma fruta ou flor deliciosa.
Todos os sentidos estavam ocupados, com exceção de um.
Esse rabugento não estava bebendo e se dirigiu a Dionísio com atitude de quem vai reclamar de alguma coisa.
“Você sempre me deixa de fora, todo mundo aqui sempre obtém alguma coisa do vinho, mas eu não.
Como é que posso ouvi-lo?” Porque esse era o sentido da Audição.
“Claro que pode!” Disse Dionísio jovialmente.
“Vá a uma vinícola quando o vinho estiver começando a ser feito; o gorgolejar, o chape, os sons das ondulações, tudo isso deverá lhe dar prazer”.
“Mas eu não posso simplesmente ficar lá”, objetou a Audição.
“Vocês todos se divertem em torno da mesa.
A menos que alguém quebre um copo ou caia bêbado, não há nada para mim aqui.” Dionísio se apoderou de um copo da bandeja de Baco e pediu para a Audição pegar outro.
“Agora ouça”, disse Dionísio, “Quando as pessoas se reunirem para beber vinho elas farão isso”, ele ergueu o copo batendo-o levemente contra o da Audição, de modo que os dois tilintaram agradavelmente.
O Sentido da Audição saiu por aí batendo o seu copo contra todos os outros…

Fonte: Internet.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Simpatias, superstições e tradições do REVEILLON...
















Reveillon é tempo de festa em qualquer lugar do Mundo, todos os povos festejam a passagem do ano velho e a entrada do que está por vir.
Quando soa a meia noite, os pedidos são os mesmos: um ano melhor do que o passado, muito amor, boas notícias, paz e prosperidade.
Quem é que nunca comeu lentilha na ceia de Ano Novo ou guardou a rolha do champanhe depois de estourado?
E os tradicionais três pulinhos exatamente no momento da virada?
Passar de branco já virou tradição.
Quem está por fora das dicas de simpatias ou superstições, mas acha que não custa nada tentar seguir algum ritual para atrair sorte, vale à pena conhecer alguns deles:

Para atrair prosperidade financeira

Você vai precisar de um ramo de salsa, uma colher de sopa de pó de canela, uma noz-moscada ralada, uma colher de chá de mel e uma colher de chá de gengibre ralado. Prepare o chá tradicionalmente.
Deixe amornar e depois coe.
Tome seu banho normalmente e depois jogue lentamente essa mistura sobre o corpo. Seque-se sem o auxílio da toalha.
Faça esse banho no último dia do ano e verá que dinheiro não vai faltar!

Para atrair sorte durante o ano todo I

Material necessário: uma garrafa de champagne ou cidra.
No momento exato da passagem de ano, lave a calçada de sua casa com o champagne, sem derramar toda garrafa.
Guarde um pouquinho e deixe-a durante sete dias junto à porta de sua casa, pelo lado de fora.
Passado esse período, jogue-a fora, em água corrente.

Para atrair sorte o ano todo II

Uma simpatia que já virou tradição é a do uso de roupas íntimas com determinadas cores, durante a virada do ano.
Dizem que é uma das mais eficazes.
Para quem quer atrair dinheiro e fartura, use peças amarelas ou douradas; as brancas atraem paz e felicidade; as vermelhas são ótimas para as grandes paixões.
Para quem quer viver um grande amor, prefira as de cor rosa.

Simpatia da uva

No dia 31 de dezembro, à meia-noite em ponto, coma 12 uvas.
Ao comer cada uma delas, mentalize saúde, paz, amor, união e prosperidade, para você e sua família.
Cada uva representa um mês do ano.
Desta forma você estará mentalizando todas estas coisas positivas para o ano todo. Depois, guarde os caroços onde achar melhor.

Para ter sorte no amor

Quando der meia-noite, cumprimente uma pessoa do sexo oposto.
Mas tem que ser antes de qualquer outra pessoa!

Fonte: Internet.

domingo, 27 de dezembro de 2009

Filtro Solar - Pedro Bial...



Nunca deixem de usar filtro solar!
Se eu pudesse dar uma só dica sobre o futuro,seria esta: use filtro solar.
Os benefícios a longo prazo do uso de filtro solar
estão provados e comprovados pela ciência;
já o resto de meus conselhos não tem outra base confiável além de minha própria experiência errante.

Mas agora eu vou compartilhar esses conselhos com vocês.
Aproveite bem, o máximo que puder, o poder e a beleza da juventude.
Ou, então, esquece... Você nunca vai entender mesmo o poder
e a beleza da juventude até que tenham se apagado.
Mas, pode crer, daqui a vinte anos, você vai evocar as suas fotos e
perceber de um jeito - que você nem desconfia hoje em dia
quantas tantas alternativas se lhe escancaravam à sua frente,
e como você realmente tava com tudo em cima.
Você não é tão gordo(a) quanto pensa!

Não se preocupe com o futuro.
Ou então preocupe-se, se quiser, mas saiba que pré-ocupação
é tão eficaz quanto mascar chiclete
para tentar resolver uma equação de álgebra.
As encrencas de verdade de sua vida tendem a vir de coisas que nunca
passaram pela sua cabeça preocupada, e te pegam no ponto fraco às quatro
da tarde de uma terça-feira modorrenta.
Todo dia enfrente pelo menos uma coisa que te meta medo de verdade.
Cante.

Não seja leviano com o coração dos outros.
Não ature gente de coração leviano.
Use fio dental.
Não perca tempo com inveja.
Às vezes se está por cima,
às vezes por baixo.
A peleja é longa e, no fim,
é só você contra você mesmo.
Não esqueça os elogios que receber.
Esqueça as ofensas.
Se conseguir isso, me ensine.
Guarde as antigas cartas de amor.
Jogue fora os extratos bancários velhos.
Estique-se.

Não se sinta culpado por não saber o que fazer da vida.
As pessoas mais interessantes que eu conheço não sabiam,
aos vinte e dois, o que queriam fazer da vida.
Alguns dos quarentões mais interessantes que conheço ainda não sabem.
Tome bastante cálcio.
Seja cuidadoso com os joelhos.
Você vai sentir falta deles.
Talvez você case, talvez não.
Talvez tenha filhos, talvez não.
Talvez se divorcie aos quarenta, talvez dance ciranda em suas bodas de diamante.
Faça o que fizer, não se auto-congratule demais, nem seja severo demais com você.
As suas escolhas tem sempre metade das chances de dar certo.
É assim pra todo mundo.

Desfrute de seu corpo.
Use-o de toda maneira que puder. Mesmo.
Não tenha medo de seu corpo ou do que as outras pessoas possam achar dele.
É o mais incrível instrumento que você jamais vai possuir.
Dance.
Mesmo que não tenha aonde além de seu próprio quarto.
Leia as instruções, mesmo que não vá segui-las depois.
Não leia revistas de beleza. Elas só vão fazer você se achar feio.

Dedique-se a conhecer os seus pais.
É impossível prever quando eles terão ido embora, de vez.
Seja legal com seus irmãos. Eles são a melhor ponte com o seu passado
e possivelmente quem vai sempre mesmo te apoiar no futuro.
Entenda que amigos vão e vem, mas nunca abra mão de uns poucos e bons.
Esforce-se de verdade para diminuir as distâncias geográficas
e de estilos de vida, porque quanto mais velho você ficar,
mais você vai precisar das pessoas que conheceu quando jovem.

More uma vez em Nova York, mas vá embora antes de endurecer.
More uma vez no Havaí, mas se mande antes de amolecer.
Viaje.

Aceite certas verdades inescapáveis:
Os preços vão subir. Os políticos vão saracotear.
Você, também, vai envelhecer.
E quando isso acontecer, você vai fantasiar que quando era jovem,
os preços eram razoáveis, os políticos eram decentes,
e as crianças, respeitavam os mais velhos.
Respeite os mais velhos.
E não espere que ninguém segure a sua barra.
Talvez você arrume uma boa aposentadoria privada.
Talvez case com um bom partido.
Mas não esqueça que um dos dois pode de repente acabar.

Não mexa demais nos cabelos senão quando você chegar aos quarenta
vai aparentar oitenta e cinco.
Cuidado com os conselhos que comprar,
mas seja paciente com aqueles que os oferecem.
Conselho é uma forma de nostalgia.
Compartilhar conselhos é um jeito de pescar o passado do lixo, esfregá-lo,
repintar as partes feias e reciclar tudo por mais do que vale.

Mas no filtro solar, acredite!

sábado, 26 de dezembro de 2009

O Ipê Branco...























Ipê-branco (Tabebuia roseoalba) é uma árvore brasileira, descrita inicialmente em 1890 como Bignonia roseo-alba.
Seus nomes, tanto científico quanto popular, vêm do tupi-guarani: ipê significa "árvore de casca grossa" e tabebuia é "pau" ou "madeira que flutua".
É uma árvore usada como ornamental, nativa do cerrado e pantanal brasileiros.
É conhecida como planta do mel no Brasil e Argentina.
Alcança de 7 a 16 metros de altura, com tronco medindo de 40 até 50 cm de diâmetro.
Dotado de copa alongada, possui um tronco ereto medindo de 40 a 50 cm de diâmetro, com casca suberosa e superficialmente fissurada.
Possui folhas compostas trifolioladas.
Ocorre nas florestas estacionais semi-deciduais e matas semi-decíduas, na Bolívia, Brasil (Pará, Maranhão, Piauí, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Fernando de Noronha, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro e norte de São Paulo), Paraguai, Peru e Colômbia.
Floresce principalmente durante os meses de agosto-outubro com a planta totalmente despida da folhagem. Os frutos costumam amadurecer a partir do mês de outubro.
Trata-se de um tipo de ipê muito apreciado por sua beleza e exuberância, ficando totalmente branco durante um período muito curto, pois sua floração não dura mais do que dois dias (em geral, por volta do mês de agosto).
Às vezes repete a floração por volta de setembro, porém com menor intensidade.
A madeira é moderadamente pesada, macia com superfície lustrosa, de ótima durabilidade que pode ser usada na construção civil, principalmente para acabamentos internos.
A árvore é extremamente ornamental, não somente pelo exuberante florescimento que pode ocorrer mais de uma vez por ano, mas também pela folhagem densa de cor verde azulada e forma piramidal da copa.
É considerada ótima para o paisagismo em geral, já sendo amplamente utilizada para este fim, além de ser particularmente útil para a arborização de ruas e avenidas, dado ao seu porte não muito grande.
Em função de sua adaptação a terrenos secos e pedregosos, é muito útil para reflorestamentos nesse tipo de ambiente, destinados a recomposição da vegetação arbórea.


















Fonte: Wikipédia.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Natal na alamêda do Ipê Branco...


















Hoje é Natal, dia 25 de dezembro de 2009.
Estou em casa, muito feliz e para finalizar esta série de Natal que postei no meu “Jardim”, resolvi contar o que vivi ontem na casa dos meus pais.
Como diz a minha amiga V, a casa sempre foi e sempre será da minha mãe, porque só a mãe tem importância na nossa sociedade.
Hoje eles nem pedem mais a filiação, somente o nome da mãe.
Vocês acreditam nisso?
Desde a morte do meu pai, eu mudei muito.
Esquisito falar isso, mas a realidade é que eu desabrochei.
Será que é porque não precisava mais dar satisfação para os comandos do meu pai, que sempre ficaram registrados em mim?
Ou será que foi aquela série de sessões de “Constelação Familiar”, onde enxerguei o meu papel na minha família?
A vida na realidade é muito simples, quando fazemos somente o papel que nos é reservado.
Descobri que sou apenas a quarta filha de uma família de oito irmãos, amada por todos, mas sou apenas a filha.
Eu costumava inverter os papéis.
Gostava muito de fazer o papel de pai, que no nosso caso sempre foi muito ausente, mas muito parecido comigo.
Outras vezes, o papel de mãe e em vários momentos da minha vida, eu fazia papéis que não eram meus e ficava de expectadora da minha vida.
Na realidade eu não vivia.
Imaginem a confusão que foi alinhar tudo isso e viver somente a minha vida...
Na minha última constelação, depois da morte do meu pai, nasceu a verdadeira
Lucia Faria.
Claro que eu estava atrasada somente meio século e então não podia mais perder tempo, então, mãos a obra.
Fiz o meu projeto de vida para 2010, que está muito bem encaminhado.
Mudei o meu comportamento com todos no meu trabalho, com amigos e sem nenhum egoísmo, aprendi, que primeiro temos que cuidar de nós e se conseguimos esta prática, começamos a ter a permissão de cuidar dos outros.
Como é prazerosa esta lição.
Fazendo essas mudanças, tudo muda à nossa volta e parece que começamos a viver em outra dimensão.
Uma dimensão mais fluída e muito mais leve.
Coloquei em prática tudo que aprendi e o Natal foi o meu laboratório.
Tive a idéia de fazer todos estes posts de Natal e a medida que eu ia fazendo, a minha relação com o Natal mudava.
Curti tanto o Natal da Verde Que Te Quero Verde, que todos que me acompanham há mais de quinze anos, sem falar do meu marido R, estão simplesmente encantados com esta cinquentona, que mais parece uma adolescente no seu primeiro baile.
E para encurtar, a história é sorrir.
Olhem o post de ontem, com o clip do Michel Jackson cantando Smile, música de Charles Chaplin.
Confesso que aprendi, que depois do sorriso, vem a alegria genuína, a delicadeza e assim, a nossa criança interior desperta.
Saí para comemorar o Natal com a minha família, feliz e sorridente.
Mas preciso ressaltar, que apesar do meu pai não passar o Natal conosco há muitos anos, senti a sua presença, com muito carinho e amor.
Foi a melhor noite de Natal da minha vida e posso falar também por todos os presentes, que sentiram a mesma coisa.
Meu marido R levou um pernil que fez o maior sucesso e como sempre, isto já era esperado.
Ele adora fazer sucesso com a minha mãe, para o ciúme de todos os irmãos.
Chegamos e a casa estava toda enfeitada, como sempre, para o Natal, linda, com tudo que descrevi nos posts anteriores.
Minha mãe esse ano se superou e arrasou.
Todos os irmãos estavam presentes, exceto os que moram fora da cidade e que não puderam comparecer.
As minhas queridas tias, já viúvas, estavam lá, muito felizes por estarem juntas, curtindo mais aquele Natal.
Os meus primos e primas compareceram e que como eu disse em algum post anterior, não deixamos de combinar vários encontros antes do próximo Natal.
Tive a grata surpresa de encontrar com o meu tio Divino que chegou com sua esposa, sua filha e seu neto.
Ele é o único irmão vivo do meu pai e nos sentimos abraçados e confortados em passar o Natal com ele e acredito que ele ficou muito feliz de se sentir tão querido e amado por todos.
O fato de podermos celebrar a memória do seu irmão, nosso pai, todos juntos e na companhia da mamãe e toda sua família, foi realmente libertador.
Meus sobrinhos estavam muito felizes, abrindo os presentes, mas quem gostou mesmo dos presentes não foram as crianças e sim os adultos.
O telefone cor de rosa da Barbie, que a minha sobrinha Bianca ganhou, matou a Vanessa de inveja, isso sem falar que eu queria mesmo era ficar com o carrinho que o meu sobrinho Guilherme ganhou e que foi logo seqüestrado pelo seu pai, o meu irmão Júlio.
Falamos muito, relembrando tudo com nostalgia e sem nenhuma tristeza.
A foto do noivado dos meus pais, quando tinham dezoito anos e a foto do meu pai, sereno e muito bonito, que estavam na sala, nos alegrou profundamente.
Claro que em cada grupo que se formava, falava-se somente de coisas boas ou bobagens, o que o meu marido R adorou.
Adoramos “zoar” a minha mãe com o painel de fotos, com fotos só de alguns filhos: só tem os retratos dos filhos preferidos!
O meu marido R, que adora minha mãe e também é adorado por ela, como bem frisou meu irmão Cláudio, provavelmente no próximo ano, também não estará no painel e sim com uma foto somente sua e se bobear com mais destaque que a do meu pai.
E claro que nem vai precisar morrer para isso.
Metido!
Nossa, como se consegue ser tão ciumento em família.
Apesar de estar muito cansada neste final de ano, com o Natal da Verde, estou feliz.
Uso atualmente a máxima: “Trabalho não mata, nem cansa ninguém. O que mata e cansa mesmo, são as contrariedades”.
Lembram da Vacuidade?
O meu Natal foi a minha escolha e eu o criei feliz.
Esta escolha, não teve nada haver com as minhas crenças religiosas, apesar de eu ser cristã e ter a certeza que Cristo estava entre nós.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Noite de Natal...

Hoje é Noite de Natal.
Noite de confraternização.
Noite de estar com a família e os amigos queridos.
Noite de beleza, alegria, mesa farta e presentes.
Noite de renascimento e agradecimento.
Apesar disso, sei que além daquelas pessoas que dizem que ficam tristes nessa época do ano, tem também aquelas pessoas sozinhas, menos favorecidas, abandonados nas ruas, asilos e por ai vai....
Pensando nisso, depois de tantas coisas que eu publiquei nesse Especial de Natal aqui no meu Jardim, fiquei tentando descobrir o que estava faltando e o que poderia ser publicado hoje, que fomentasse ainda mais o Espírito de Natal nas pessoas.
Bem, eu acho que independente de onde estivermos, de com quem estivermos e como vamos comemorar, ou seja, do jeito mais simples ao mais requintado, o mais importante e o que não pode faltar é um belo sorriso nos lábios.
Um sorriso que envolve e preencha qualquer falta, um sorriso de amor.
Por isso resolvi publicar esse vídeo de Smile, uma canção de Charlie Chaplin, interpretada por Michael Jackson, com Legenda em português.
Com essa canção, eu desejo a todos, um Feliz e Especial Natal, cheio de alegria, que é o que realmente importa.
Boas Festas,
Lucia Faria.

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Presentes de última hora...


















Amanhã é noite de Natal...
Esse ano você se preparou e se programou com antecedência e fez todas as compras de Natal sem esquecer ninguém, não é mesmo?
Há controvérsias...
É normal, mesmo que você seja super organizado (a), esquecer um ou outro amigo que não vê todos os dias ou algum amigo resolver dar aquela “passadinha” de última hora para desejar-lhe “Boas Festas”.
O que fazer quando isso acontece?
Aqui vão algumas dicas de presentes que são verdadeiros “curingas” para esses momentos:

- Um arranjo da Verde Que Te Quero Verde, que qualquer um vai adorar receber.
- Vinhos (para os homens).
- Espumantes (para as mulheres).
- Doces artesanais (Trufas, bombons, bolos, pães de mel, panetones…).
- Aromas de ambientes (sprays, incensos, velas, saches).
- Nécessaires e Jogos americanos.
- Porta retratos e álbuns.

Fonte: Internet.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Drinks natalinos - Tropical Especial de Natal...

Para que a sua noite de Natal seja realmente especial, você precisa estar preparado para receber algum convidado que não beba.
Claro que você terá no cardápio, refrigerantes e sucos, mas que tal surpreendê-los com um Drink especial?
Tropical Especial de Natal é um drink sem álcool, super refrescante e saboroso.
Vale experimentar...






Ingredientes:

• 200ml de água de coco
• 1 copo de suco de abacaxi natural
• ½ copo de chá verde
• 5 folhas de hortelã
• Açúcar ou adoçante a gosto.

Modo de Preparo:

1. Bata no liquidificador primeiro o suco de abacaxi com a água de coco.
2. Coe e depois bata de novo com o chá verde, o hortelã, o açúcar ou adoçante a gosto e bastante gelo.
3. Sirva a seguir.

Fonte: Internet.

Arranjo de Natal - Verde Que Te Quero Verde

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

domingo, 20 de dezembro de 2009

Amigo secreto...













Amigo secreto ou também Amigo oculto é uma brincadeira tradicional das festas de fim de ano (Natal e Ano-Novo).
É comum entre colegas de trabalho, de escolas, e de familiares.

Origem

Acredita-se que a brincadeira venha dos povos nórdicos.
Porém, é também uma brincadeira de costumes e tradições de povos pagãos.
A brincadeira se popularizou no ano de 1929, em plena depressão, onde não tinha dinheiro para comprar presentes para todos se fazia a brincadeira para que todos pudessem sair com presentes.

A brincadeira

A brincadeira ocorre da seguinte forma: Cada participante tira um papel com o nome de outro participante, e não deve contar a ninguém quem é.
No dia da brincadeira, através de dicas, os outros tentam adivinhar, quem é.
Quando isso ocorre, há troca de presentes.
Quem recebe o presente é o próximo que dá as dicas, e assim sucessivamente.

Variantes

Amigo chocreto

Recentemente, ficou popular no Brasil o amigo chocreto, amigo de chocolate ou amigolate, que tem as mesmas regras do amigo secreto, porém a diferença é que os presentes podem ser apenas chocolates.
Por conta disso também em alguns lugares é realizado durante o período da Páscoa.

Amigo da onça

O "amigo da onça" ou inimigo oculto ficou comum principalmente entre colegas de trabalho.
Como já diz o nome, no amigo da onça, não se dá presentes, faz-se apenas brincadeiras para aquela pessoa que foi sorteada, dando a ela algo que ela não goste, ou tem de se dar um presente sem utilidade nenhuma para seu sorteado.

Amigo caneca

Existe também o "amigo caneca", comum no começo do ano, no qual cada um dá uma caneca que lembre a pessoa sorteada.

Amigo Secreto Chinês

Nessa proposta objeto é o presente e não o amigo.
Estipula-se um valor para o presente e cada participante compra um presente, sempre tendo em mente que ele pode vir a ficar com o presente ao final.
O presente deve estar embrulhado de forma a impedir que os participantes saibam o conteúdo da embalagem.
Para iniciar o jogo sorteiam-se números para cada um dos participantes.
Por exemplo, se 15 pessoas estiverem participando, números de 1 a 15 serão distribuídos para os participantes.
Aquele que sortear o número 1 será o primeiro a pegar algum dos presentes.
O número 2 terá o direito de pegar o presente da mesa ou "roubar" o presente do número 1.
Caso isso aconteça, o primeiro terá o direito de escolher outro presente da mesa.
E assim vai seguindo: o terceiro pode escolher o presente do primeiro ou do segundo ou o da mesa.
O jogo termina quando o último número (nesse caso, o 15) escolhe o presente da mesa ou, se preferir roubar de alguns dos participantes, escolhe o presente de qualquer um dos números.
Nesse caso, o último azarado será obrigado a pegar o presente da mesa, não importa qual for.
Uma regra importante: cada pessoa poderá trocar o presente somente uma vez.
Essa versão também é conhecida como "Desapego"

Amigo Secreto "Elefante Branco"

É uma variante do Amigo Secreto Chinês.
Estipula-se um valor mínimo e um máximo para o presente (ou não), e este deve ser embrulhado em alguma embalagem que não seja possível saber qual o conteúdo (ou para enganar, como por exemplo uma toalha posta em uma embalagem de garrafa de vinho; mas ele também pode ser deixado à mostra, essa parte da regra é opcional).
Todos os presentes são deixados à mostra (na mesa, no chão, etc) e é escolhida uma pessoa para começar.
A pessoa escolhida vai até o lugar onde os presentes estão expostos e pega um qualquer, com a proibição de pegar o próprio presente.
Com o presente em mãos, a pessoa sorteia o amigo secreto na hora e dá dicas para os outros participantes adivinharem.
O ponto forte do Elefante Branco é que ninguém sabe, até certo ponto, o que está dando e para quem.
É tudo definido só na última hora.
É feito, geralmente, entre famílias grandes (por causa da variedade maior dos presentes), no Natal ou Ano Novo.

Fonte: Wikipédia.

sábado, 19 de dezembro de 2009

Árvore de Natal na Praça do Papa...























Como no Natal, não pode faltar uma árvore bem bonita, no dia 12, dia em que BH completou 112 anos, a tradicional árvore de Natal de Belo Horizonte, que todos os anos é montada na Lagoa da Pampulha, teve suas luzes ligadas em novo endereço, a Praça do Papa, bairro Mangabeiras, região sul da capital mineira.
A árvore de Natal belorizontina tem 50 m de altura e 10 mil lâmpadas incandescentes, com movimentos controlados por computador.
Por ter sido instalada em um dos locais mais altos da capital, ela pode ser vista de vários pontos da cidade.
Até o dia 6 de janeiro de 2010 a árvore funcionará de segunda a quinta-feira, das 20h à 1h e, aos finais de semana, de 20h às 2h.

Fonte: Internet.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Os Anjos do artista plástico Geraldo Cézanne iluminam a Lagoa da Pampulha...
















Belo Horizonte está cada vez mais bonita para o Natal.
Na Lagoa da Pampulha, anjos flutuantes e bem iluminados chamam a atenção de quem passa pela orla.
A decoração da Lagoa da Pampulha conta com 15 estruturas de anjos, sendo 13 flutuantes e dois na área do Parque Ecológico, possibilitando que sejam vistos de qualquer ponto da orla até o dia 6 de janeiro.
De acordo com a Belotur, o acendimento dos anjos será automático - a iluminação será acionada por fotocélulas ao anoitecer.
O projeto da decoração da Lagoa da Pampulha foi concebido pelo escultor e artista plástico Geraldo Cézanne.
As estruturas dos anjos medem aproximadamente dez metros de altura e foram produzidas em vergalhões de aço C50 e cobertas por cerca de 1.500 microlâmpadas cada uma, totalizando mais de 20 mil microlâmpadas.
Cada anjo deve pesar em torno de 100 quilos.
De acordo com o diretor de eventos da Belotur, Arthur Viana, a decoração é uma homenagem da cidade ao artista plástico mineiro Geraldo Cézanne, idealiza­dor do projeto na Pam­pulha e na Serra do Curral, onde uma estrela cadente será projetada sobre as montanhas, entre os dias 11 e 26 de dezembro.

Fonte: Internet.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Decoração de natal na Praça da Liberdade - BH - 2009


















A decoração do Natal 2009, na Praça da Liberdade, aborda com leveza e fantasia um tema que interessa a toda a sociedade: a sustentabilidade.
Com 500 mil microlâmpadas e 2,5 mil metros de cordões luminosos, o Natal de Luz 2009 da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) idealizou um cenário imaginário, em que o protagonista é um boneco do Papai Noel, de cinco metros de altura, que explica aos visitantes a importância das ações de sustentabilidade, a natureza, o clima e o planeta como um todo.
De acordo com o governo do Estado, foram investidos cerca de R$ 600 mil na decoração do Natal de Luz 2009 da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig).
O Papai Noel gigante tem cinco mensagens de som que explicam aos visitantes a importância de ações de sustentabilidade e de preservação da natureza, do clima e do planeta.
A cada 15 minutos o Papai Noel transmite as mensagens.
Uma delas diz: "Olha como a praça está bonita. Vamos preservar a natureza e o meio ambiente. Feliz Natal".
Ao lado do boneco, há um casal de bonecos mecatrônicos que dança músicas natalinas. Outros bonecos de Papai Noel foram espalhados na praça para que os visitantes possam fotografar ao seu lado, sem pisarem na grama dos jardins.
Como nos anos anteriores, em parceria com o Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha/MG), todas as árvores foram avaliadas, e apenas aquelas que suportam a decoração foram iluminadas, explica a analista cultural Cecília Bhering, da Cemig.

Fonte: Internet.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Boas Festas de Assis Valente com Maria Bethânia...

Boas Festas, música cantada e recantada de Assis Valente em todos os natais desde 1933, quando lançada na voz de Carlos Galhardo, ganha nova versão.
Desta vez, na interpretação de Maria Bethânia...

Boas Festas
(Assis Valente)

Anoiteceu, o sino gemeu
E a gente ficou feliz a rezar
Papai Noel, vê se você tem
A felicidade pra você me dar
Eu pensei que todo mundo
Fosse filho de Papai Noel
E assim felicidade
Eu pensei que fosse uma
Brincadeira de papel
Já faz tempo que eu pedi
Mas o meu Papai Noel não vem
Com certeza já morreu
Ou então felicidade
É brinquedo que não tem


terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Drinks natalinos: beleza e sabor...













Coquetéis simples, fáceis de preparar e que têm muito sabor, além de ficarem lindos nas taças.
Capriche na decoração dos coquetéis natalinos, abusando da criatividade e o efeito será um só: uma noite especial, com muita beleza e sabor.


BLOODHOUND

1/3 de gin
1 medida de vermouth
1 medida de vermouth doce
2 ou 3 morangos

Coloque tudo na coqueteleira, mexa bem e sirva.

CLARIDGE

1/3 de vermouth seco
1/3 de gin
1/6 de apricot brandy
1/6 de Cointreau

Coloque tudo na coqueteleira, mexa bem e sirva.

COQUETEL CUBANO

2/3 de conhaque
1/3 de brandy de abricot
suco de meio limão

Coloque tudo na coqueteleira, mexa bem e sirva.

Fonte: Internet.

Arranjo de Natal - Verde Que Te Quero Verde

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

encerramento dos trabalhos de 2009 do "Amor em Movimento" - Richard Lima...

Todos sabem que o meu marido R, além de arquiteto e artista plástico é espiritualista.
Ele abre a nossa casa, todas as terças e quintas feiras, recebendo todos com carinho, compreensão e amor.
Ele tem sempre um sorriso para todos que batem a nossa porta.
O mais interessante é que ele não passa a mão na cabeça de ninguém e fala sempre o que a pessoa precisa escutar e elas ficam sempre muito agradecidas.
Acho que o tom tranqüilo e amoroso dele é o que mais alivia a alma das pessoas.
Eu faço uma analogia do trabalho dele com aquela música do Milton Nascimento – Encontros e despedidas:

Encontros e Despedidas
(Milton Nascimento / Fernando Brant)

Mande notícias
Do mundo de lá
Diz quem fica
Me dê um abraço
Venha me apertar
Tô chegando...
Coisa que gosto é poder partir
Sem ter planos
Melhor ainda é poder voltar
Quando quero...
Todos os dias é um vai-e-vem
A vida se repete na estação
Tem gente que chega prá ficar
Tem gente que vai
Prá nunca mais...
Tem gente que vem e quer voltar
Tem gente que vai, quer ficar
Tem gente que veio só olhar
Tem gente a sorrir e a chorar
E assim chegar e partir...
São só dois lados
Da mesma viagem
O trem que chega
É o mesmo trem
Da partida...
A hora do encontro
É também, despedida
A plataforma dessa estação
É a vida desse meu lugar
É a vida desse meu lugar
É a vida...
Lá lá Lá Lá Lá...
A hora do encontro
É também, despedida
A plataforma dessa estação
É a vida desse meu lugar
É a vida desse meu lugar
É a vida...

A sala onde todos esperam para serem atendidos, me lembra sempre uma estação ferroviária, como diz a canção acima.
Segundo o Richard, ali é o primeiro contato que as pessoas têm com o mundo espiritual.
O trabalho é como um arauto, que chega a nossas vidas, avisando que sempre existe alguma coisa que podemos melhorar.
Ele diz também, que o seu trabalho é só para iniciantes e à medida que eles necessitam de novas informações e estão aptos a subirem mais um degrau na escalada à ascensão espiritual, eles são encaminhados, pela própria espiritualidade, a outros lugares.
Além do Richard e da Clara, que ficam recebendo as pessoas, dando alguma orientação solicitada, alguma dica de livro que eles necessitam ler para o seu aprendizado e outras informações adicionais, sempre que necessárias, os outros trabalhadores da casa, aplicam passes energéticos e às vezes colocam o paciente em uma maca, para algum tratamento mais específico.
Falei um pouco do trabalho, mas ele é muito mais abrangente e cada um sente de uma forma diferenciada o tratamento.
Mas o que quero contar aqui é sobre a festa de encerramento dos trabalhos deste ano e vale mencionar que para ser espiritualista não é necessário ser triste nem muito menos sofrer.
A alegria com amor é a mais linda manifestação de Deus.
Voltando a falar da festa, todo ano é a mesma coisa: eles se reúnem, combinam, brigam, mas no final tudo dá certo e vira uma deliciosa brincadeira que até parecem que são um bando de crianças.
Vou deixar para falar do amigo oculto do desapego em um outro post, pois acho que ele realmente merece um post especial.
Como se pode ver nas fotos, tudo este ano foi diferente e divertido.
Acho que ter o Kaike na “comissão de frente” dos preparativos, garantiu muitas alegrias e risadas a todo o processo.
As comidas e as bebidas foram preparadas pelo “trio ternura”, Junia, Sandra e Flávia, que parece que esqueceram que os amigos do plano espiritual não comem, porque a comida dava para centenas de pessoas, mas como na natureza nada se perde e tudo se transforma, como dizia Lavoisier, no final, tudo deu certo.
Até alguém que chegou às 22hs, pedindo um prato de comida, lembrou-me Jesus e suas parábolas...
Antes do jantar, o Kaike, a Sandra, a Flávia e a Júnia, prepararam uma surpresa e organizaram uma brincadeira pra lá de engraçada e original.
Eles fizeram um aparelho de TV e o chamaram de TV Pai João!
O Kaike começou apresentando a propaganda de todos os trabalhadores da casa, o que foi a maior algazarra.
A distribuição dos presentes foi a mais bagunçada possível, para o desespero da Silvana, que não se contentava com nenhum dos presentes apresentados, principalmente aquelas anteninhas que pareciam ETS.
Esta brincadeira durou umas duas horas e deixou todo mundo alegre e relaxado.
Depois ouvimos a música maravilhosa que o meu irmão Cláudio fez para a letra da Flávia Paulinelli e posso dizer que ela foi realmente ouvida nos dois planos, de tão linda que é.
Ficamos tão emocionados, que o Richard e eu choramos.
Com um pequeno discurso, o Carlos Renato agradeceu ao Richard e a mim, por cedermos nossa casa para a realização deste trabalho espiritual.
O que eles não sabem é como sou agraciada e quanta força espiritual eu recebo deste trabalho, apesar de não participar dele diretamente.
Eu que agradeço por termos a possibilidade de estar sempre em prontidão para os trabalhos com o plano espiritual, nos colocando como verdadeiros soldados da luz.
Com uma prece de agradecimento, o Richard encerrou o ano, agradecendo a todos os trabalhadores da casa, encarnados e desencarnados.
O Pai João “veio” para uma benção final, pedindo para continuarmos com os nossos trabalhos e sintonia de amor, desejando um feliz natal e um próspero ano novo a todos.
Eu agradeço a Deus por todas as graças alcançadas em 2009 e peço muita força para o novo ano de 2010...


domingo, 13 de dezembro de 2009

Temporada de Alegria em Ouro Preto – Segundo Ato...

Saí de Belo Horizonte, na sexta-feira, um pouco triste e com medo que eu pudesse atrapalhar o final de semana das nossas amigas da pintura em Ouro Preto.
Como a agenda da Lígia nunca tem vaga, esta viagem já estava marcada há mais de dois meses.
Como todos sabem, a vida anda tão corrida, que eu me assustei quando percebi que já era a semana combinada.
A Lígia convidou a sua amiga Bebete, que é de Ubá e queria encontrar uma amiga que está morando em Ouro Preto.
Com tudo combinado saímos de BH e a Bebete do Rio, direto para Ouro Preto.
Como de costume, passamos pela casa da Regina, depois na da Lígia e seguimos para Ouro Preto.
Quando a Lígia entrou no carro, a minha tristeza desapareceu.
Ela é mesmo uma danada.
Fomos conversando de BH à Ouro Preto, parando somente para fazer uma oração, quando deparamos com um acidente pavoroso.
No dia seguinte, ficamos sabendo que eram amigos de todos em Ouro Preto e o velório e o enterro, que foi de sexta-feira para sábado, deixaram todos muito tristes na cidade.
Chegando ao nosso “Bom Será“, fui me acomodar e descansar um pouco, enquanto os outros foram buscar a Bebete, que já estava desde cedo em Ouro Preto.
Quando consegui levantar para ir ao encontro de todos, já estava rolando uma verdadeira festa, ao redor de uma mesa, com muitos “tira gostos” e um delicioso e gelado Prosseco, da melhor qualidade.
Como isso é familiar para nós mineiros!!!
Fui apresentada a Bebete e propus um brinde.
Não sei o que aconteceu, mas a minha taça, quebrou em pedacinhos, deixando todos muito assustados.
Um detalhe interessante é que a Lígia morre de medo de fantasmas.
Mas consegui salvar a situação, falando que o “vuduzão” tinha ido embora e que dali para frente, só teríamos espaço para celebrações.
Pela manhã, o meu marido R fez aquele café da manhã, que é a marca registrada do nosso “Bom Será”, em Ouro Preto.
Então, fizemos a programação para o dia, mas é claro que tudo foi alterado, pois o inesperado é sempre muito melhor que o planejado.
Comecei minha vida profissional como assistente financeiro e de controle, tendo a rigidez como característica marcante da minha personalidade.
Agora, como uma gestora de talentos e descobrindo e desenvolvendo a artista que existe dentro de mim, estou aprendendo que o artista tem a alma livre e sempre pronta para ”esperar o inesperado” e claro que o meu grande professor foi o meu marido R.
Como sempre fazemos, fomos à Casa dos Contos para ver o que tinha de bacana por lá.
Demos de cara com uma exposição da Artista Plástica Simone Ribeiro, que nasceu em São Lourenço:

32 Semana do Aleijadinho
A exposição retrata os Passos da Paixão de Cristo, reproduzindo em telas, a obra do Aleijadinho , nos Passos do Santuário do Senhor do Bom Jesus de Matosinhos em Congonhas.

Muito interessante e tudo que diz respeito a Aleijadinho é sempre muito importante para nós mineiros.
Como a Bebete queria encontrar com a Cida e conhecer a sua cachaçaria, continuamos nosso roteiro, mas como sempre, antes, paramos em alguns lugares.
Lembrem que estávamos com dois “galhos de enxurrada”.
No caminho, passamos pelo o Atelier do Sussuca e resolvemos entrar.
Estacionamos o carro em frente à casa em que moravam os nossos amigos João Carlos e Nil, antes de se mudarem para BH, há quase um ano.
Tive muitas saudades daquela loja charmosa e das nossas conversas prazerosas e interessantes que sempre nos acrescentavam muito.
E as dicas de livros que nosso amigo João sempre tinha para nos dar?
Engraçado que em BH, quase não nos encontramos.
Claro que o meu marido R tinha que entrar na loja da “Cidinha, Vela de Ouro Preto”, localizado no Largo do Rosário, 33.
A loja é um charme, tudo feito com o maior bom gosto e a Cidinha é uma fofa.
Todas as vezes que passamos pela loja, o meu marido R grita pedindo a vela para arrumar marido, sempre encomendada por alguma amiga encalhada.
A lenda urbana é que a Cidinha faz uma vela do tamanho da cliente e é tiro e queda.
Em menos de uma semana, aparece o rapaz, que logo pede a mão da garota em casamento.
Dizem que a primeira vela foi testada pela própria Cidinha, que não tem nada a reclamar.
Depois de muitas fotos, risadas e com algumas velas à tira colo, finalmente nos encaminhamos para o Atelier do Sussuca.
O Atelier fica no número 7 do largo do Rosário.
No nosso último encontro, tínhamos visitado a exposição do Sussuca no espaço Fiemg e adoramos o seu novo trabalho.
Pela primeira vez cheguei ao seu Atelier e encontrei a porta fechada e ele muito triste.
Ele foi nos receber e eu comentei sobre a sua tristeza e ele me disse que tinha passado a noite no velório dos amigos queridos do acidente que presenciamos na estrada.
Ele escutava um CD do Djavan e naquele ambiente triste, mas muito aconchegante, passamos horas agradabilíssimas.
Todos estavam interessados na sua técnica, desconhecida das amigas artistas plásticas e também do meu marido R.
Ele apresentou a técnica e mostrou o passo a passo.
Muito interessante.
Ficamos conversando por horas e acho que ele até relaxou e se alegrou um pouco.
Ele aproveitou e nos mostrou vários outros trabalhos e pudemos perceber como ele era um artista eclético.
Lembramos então, de uma sacola de pão que ele pintou:
“Sr João encha a sacola do Povo Brasileiro”
Isto aconteceu em 1983, em Brasília.
Saindo de lá, fomos então, finalmente, visitar a Cachaçaria da Cida e chegamos prontos para nos esbaldar.
Aproveitamos para comprar vários produtos para presentear e deliciar os nossos amigos, com tudo que há de melhor em cachaças e também alguns kits de temperos especiais e muito mais.
Vale uma visita na Cachaçaria...

Cachaçaria Milagre de Minas e Pedra Sabão

Famosa por seus efeitos afrodisíacos, a apetecível cachaça Milagre de Minas resulta da combinação de quinze ervas, que lhe conferem a coloração amarelada.
Na Milagre de Minas Cachaçaria você encontra mais de 100 tipos de cachaças artesanais,licores e a tradicional gelatina de cachaça.
E também utilitários em pedra sabão com design exclusivo.

Local: Rua Antônio de Albuquerque, 14
(próximo a Igreja do Pilar)
Tel: (31)3551 7560
E-mail: milagredeminas@terra.com.br

Não podemos esquecer que a Cida comandou por muito tempo o bar do Beco e agora comanda o Balanço da Cobra, um bloco de carnaval que eu saio todo ano.
Este meu lado folião de carnaval é muito recente, mas confesso que estou adorando.
Ela sempre fez muito por Ouro Preto e é muito querida na cidade.
Preste atenção na foto do Oratório que tem na sua loja.
Saímos de lá tarde e fomos novamente nos deliciar no Restaurante e Café “Bené da Flauta”.
Lá é simplesmente maravilhoso e os donos são anfitriões adoráveis.
O Bené da Flauta é um exemplo para todos os Ouropretanos que recebem turistas e o restaurante dele é a prova do respeito que ele tem pelo turista.
Atendimento perfeito, comida maravilhosa e além disso, aquele casarão maravilhoso.
Parabéns!!!!!!!!!!!!
Já nos tornamos habitues e ai vai mais uma ótima dica para todos:

Bené da Flauta - Restaurante e Café

Endereço: Rua São Francisco de Assis, 32, Centro
Ouro Preto – Minas Gerais – Brasil
Fone: (0xx31) 3551-1036
http://www.benedaflauta.com.br/?page=restaurante

Depois de nos fartarmos com as iguarias, sugestões do chef, muitas fotografias, risadas e até o inesperado encontro da Lígia com sua amiga Mônica, que se mudou recentemente para Ouro Preto, voltamos para o aconchego do nosso “Bom Será”.
Fomos descansar e eu só me levantei para o café da manhã do dia seguinte, para novas e boas gargalhadas com os casos da noite anterior.
Continua...

Aguardem o Ato 3.

sábado, 12 de dezembro de 2009

A "verdinha" Eny...


















Imbuída do espírito de Natal, pedi a verdinha Patrícia que colocasse um arranjo de Natal bem bacana no meu escritório da Verde.
Ela me disse que já tinha pensando o que fazer e que eu aguardasse.
Neste ano, o Natal está sendo muito especial para mim.
Estou compreendendo mais as pessoas e a relação delas com o Natal.
Vocês não imaginam como passamos a conhecer melhor e a gostar mais, de quem entende o verdadeiro espírito do Natal e curte esta festa maravilhosa, aprendendo a focar na alegria e a esquecer as tristezas e saudades, que também fazem parte de nossas vidas.
Voltando ao pedido que fiz a Patrícia, ela pediu-me que esperasse mais um dia, pois ela precisava da Eny e a mesma estava assoberbada de trabalho.
Desde que eu conheci a Eny, eu me simpatizei com ela.
Ela não falava português, mas além do trabalho maravilhoso de florista, ela é muito organizada e está sempre atenta àqueles detalhes que só uma mulher sensível sabe perceber.
Ela já trabalhava em algumas festas, mas ainda não era uma “verdinha”.
A história aconteceu assim:
No dia 23/07/1981, nascia em Kerepestarcsa na Hungria, Eniko Kurunczi, aquela que viria a ser a nossa “verdinha” Eny, muito querida de todos.
Os arranjos dela são simplesmente maravilhosos, para a alegria do querido Djavan, responsável pela oficina da loja.
Impressionante como todos estão, a cada dia, mais talentosos, sob a orientação do Chico e do Djavan.
Hoje, a “verdinha” Eny já fala a nossa língua e como toda boa européia, já colocou ritmo e ordem na nossa oficina, sem perder a alegria e a irreverência que aprendeu com os nossos queridos “verdinhos” brasileiros.
Adivinhem o vocabulário de português que eles a ensinaram?
Acho que vocês podem imaginar...
Totalmente adaptada, ela é casada com um brasileiro e se você perguntar a ela qual é a sua terra, ela logo responde que é o Brasil.
Quando cheguei na sexta-feira para trabalhar, vi o arranjo que ela fez e como minha sala estava bela, então, resolvi compartilhar com vocês.
Não é lindo o arranjo?
E este sorriso?
O Djavan, que foi o fotógrafo, está ensinando-a a dar risadas.
Obrigada, Patrícia e Eny.
Depois falaremos mais deste Natal de 2009 na Verde, que vai deixar saudades.
Todos os verdinhos e verdinhas estão tão empenhados em levar a beleza do Natal a todas as casas, que chego a me emocionar.
Sei o quanto eles gostam e se preocupam comigo e agradeço a todos.
Vocês sabem que a morte do meu pai foi uma perda enorme e acho que podem perceber também, que comecei um novo ciclo da minha vida.
Depois farei um post especial deste momento maravilhoso e único que está sendo o Natal Verde que te quero verde 2009, ano em que completo 11 anos de inúmeras conquistas e sucessos como Gestora administrativa da Verde ao lado da minha sócia Denise Magalhães.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Compras de Natal...

A gestora de talentos que existe dentro de mim, convive harmoniosamente com a gestora financeira e de negócios que eu sempre fui.
Por isso resolvi publicar essa matéria que eu li na internet e que achei super interessante...














De acordo com o Procon, 48% dos brasileiros não têm o hábito de planejar e controlar seu orçamento doméstico.
Shoppings e ruas das cidades de todo o Brasil já estão decorados com motivos natalinos há algumas semanas.
A temporada de Natal já teve seu início oficial, e todos começam a pensar em como administrar seus gastos com presentes.
A MasterCard criou 10 dicas para melhorar o controle sobre seus cartões nessa época festiva:

1 - Faça as suas compras com antecedência. Não espere a semana de Natal para comprar os presentes. Com mais tempo, você tem mais oportunidade de buscar descontos, comparar preços e encontrar promoções especiais com seus cartões de crédito MasterCard.

2 - Planeje. Antes de ir às lojas, pense no que você gostaria de dar de presente para as pessoas de sua lista, assim você economiza tempo e terá uma idéia daquilo que está procurando.

3 - Crie um orçamento. No Brasil, não é costume da população planejar suas finanças para esta época do ano, por isso a MasterCard recomenda que você estabeleça um valor para gastar desde o início, que deve ser respeitado. É muito comum gastar demais sem o devido planejamento com as compras de Natal, o que pode levar ao arrependimento na hora de conferir o extrato bancário. Você pode evitar essa situação criando um orçamento.

4 - Não leve dinheiro vivo. Nessa época, todos sabem que as pessoas saem de casa para as compras com mais dinheiro do que o comum. Por isso, evite correr riscos e faça compras mais seguras com seu cartão de débito ou crédito. Além disso, muitas lojas de departamento oferecem descontos para pagamentos a prazo com cartões. Esta é uma maneira de não exceder seu orçamento.

5 - Proteja suas informações pessoais. Tome cuidado ao revelar seus dados pessoais na hora de realizar compras online ou por telefone. Pergunte como essas informações serão utilizadas e quem terá acesso às mesmas. Todo cuidado é pouco na hora de realizar compras pela Internet ou pelo telefone.

6 - Só compre on-line em sites conhecidos. Somente faça compras com empresas que você conhece, confia e que são sérias. Lembre-se que você vai compartilhar com essas lojas seu nome, número do seu cartão e provavelmente seu endereço e telefone.

7 - Verifique a segurança. Na hora de efetuar uma compra online, certifique-se de que a sua conexão com a Internet é segura e de que a transação seja verificada como autêntica. A maioria dos navegadores apresenta um ícone especial, como uma chave ou cadeado, o que indica que o site é seguro.

8 - Verifique os dados da transação. Assegure-se que todas as condições acordadas durante a transação estejam corretas, como a data, informação e preço de envio. Leia a garantia e as políticas de devolução para evitar mal-entendidos.

9 - Guarde os comprovantes. Você deve guardar todos os comprovantes da compra em um lugar fácil de lembrar. Desta maneira a documentação estará disponível para possíveis dúvidas e explicações posteriores.

10 - Presenteie com vale-presentes. Se a busca pelo presente perfeito para seus amigos e parentes não é seu passatempo preferido, existem vale-presentes, que são uma boa opção para cada um escolher seu próprio presente.

Fonte: Internet.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Natal em Nova York revela cenários cinematográficos...

Tradicional árvore de Natal armada no Rockefeller Center...


















Eu tive o privilégio de viajar para Nova York na companhia da minha saudosa e especial amiga M e ficamos hospedadas no The Plaza Hotel, hotel do filme "Esqueceram de mim 2", hoje, um prédio de apartamentos.
A Viagem foi inesquecível e nesse especial de Natal do meu Jardim, Nova York não poderia ficar de fora, por isso resolvi pesquisar e postar para vocês um pouco do que considero o “Natal dos sonhos”...


Poucos endereços são tão convidativos no Natal quanto Nova York.
A neve que costuma cair nesta época do ano, faz a vida imitar a arte: a cidade que nunca dorme, faz qualquer um entender o que Hollywood quer dizer quando enche as salas de cinema do mundo todo com filmes natalinos que têm a Big Apple como pano de fundo.
Com um mapa em mãos, você roda pelos cantos principais e pelos endereços mais atrativos sem gastar muito.
Em vez de perder tempo lutando por um táxi, em um mar de carros amarelos que não são muito afeitos a respeitar as regras de trânsito, prefira o metrô como meio de locomoção.
De metrô, você pode chegar sem sustos ao Rockefeller Center, parada obrigatória nessa época do ano.
As tradicionais árvores de natal e a pista de patinação no gelo do Plaza Center, na 50th Street com a Quinta Avenida, são a cara da cidade no Natal.

O que você não pode deixar de ver...

- A vitrine da Macy`s, na rua 34 com a Sexta Avenida;
- A árvore de Natal do Rockfeller Center e a decoração das lojas da Quinta Avenida (como da Saks Fifth Avenue);
- O show de luzes na Grand Central (a cada meia hora);
- As feirinhas de Natal na Union Square e no Bryant Park;
- Patinar no gelo no Bryant Park, no Rockfeller Center ou no Central Park.
- Parar para ver os cantores de Natal no metrô, ou nas estações (não se esqueça de dar pelo menos um dólar);
- Tirar uma foto com o Papai Noel da Macy's (no oitavo andar da loja, até o dia 24 de dezembro, às 17:30)
- Assistir a missa de Natal na St. Patrick Cathedral (a missa da meia noite do dia 24 é só para quem tem ingressos, mas as do dia 25 são abertas ao público)
Para mais informações: http://www.saintpatrickscathedral.org/service_schedule.html

Compras...

Cheia de lojas, Nova York não é exatamente um convite à economia.
Mas é lá que é possível encontrar presentes de todos os cantos do planeta. Pechinchas, se você tiver alguma paciência, ou a preços mais salgados nas butiques de Manhattan.
Fundada em 1895, a rede Henry Bendel oferece de bolsas, malas e acessórios a jóias, passando por cosméticos, tudo com a sofisticação de uma das lojas mais antigas da ilha.
Autodenominada “o playground das garotas”, a loja é o paraíso na terra para mães e filhas, localizada no número 712 da Quinta Avenida.
Outra opção tentadora é a Bloomingdale’s Soho, estabelecida desde 2004 no canto mais cool da cidade.
Tem de tudo ali: cosméticos Prada, jeans Juicy Couture, Dry Shod, D&G e outras peças com a etiqueta Polo Ralph Loren, Burberry, Hugo Boss, Salvatore Ferragamo e Theory. A loja fica na 504 Broadway, entre a Spring e a Broome Street.

Os céus de Nova York...

Ver a cidade do alto é o mesmo que entrar num cartão postal.
Num dia sem muitas nuvens, do alto do Empire State Building, é possível avistar um raio de até 130 quilômetros.
O equivalente aos Estados norte-americanos de Nova Jersey, Pensilvânia, Connecticut e Massachusetts.
A mesma visão expandida da cidade e suas fronteiras pode ser obtida do topo do Edifício Chrysler, construído entre 1928 e 1930 na avenida Lexinton.

E que tal conhecer pessoalmente os lugares que você só viu em filmes e séries?

Eles existem e estão ao seu alcance.
Os bares e restaurantes da série Sex and The City, além dos endereços de Carrie Bradshaw (Sarah Jessica Parker), Charlotte York (Kristin Davis), Samantha Jones (Kim Cattrall) e Miranda Hobbes (Cynthia Nixon) podem ser incluídos no roteiro.
O apartamento onde a turma de Friends morava, o café onde Jerry Seinfeld, George Constanza, Elaine Bennes e Kramer se encontravam, e a sede do jornal The Daily Bugle, emprego formal de Peter Parker no filme Homem-Aranha também valem o passeio.

Esqueceram de mim 2 - O filme...

A família McAllister vai passar o Natal na Flórida.
Novamente Kevin McAllister se perde deles, agora antes de embarcar no avião e vai sozinho para Nova York.
De posse do cartão de crédito de seu pai, Kevin se vira muito bem e se hospeda no melhor e mais caro hotel da cidade e sai às compras.
O que ele não esperava é que reencontraria os bandidos que havia derrotado no passado, e que agora pretendem se vingar dele.
O filme, tem belas cenas que nos revelam Nova York e o seu tradicional Natal.

Home Alone 2 - Trailer




Fonte: Internet.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Temporada de arte e alegria em Ouro Preto - Primeiro Ato...

A primeira da foto é a Bebete que mora no Rio, mas claro, nascida em Ubá.
Lígia Aroeira, nascida em Ubá, morando em BH.
Regina Britto, nascida no Rio, morando em BH.
Eu, Lúcia, nascida em BH, vivendo em BH, Ouro Preto e Rio de Janeiro...



















Estivemos novamente em Ouro Preto, com as amigas Lígia Aroeira, Regina Britto e a mais nova da turma, a Bebete.
Apesar de estar um pouco triste com alguns acontecimentos, nos esbaldamos, como contarei em post’s futuros.
E nessa pequena, mas divertida temporada em Ouro Preto, cheguei à conclusão que todos os meus amigos são de Ubá.
Alguém duvida?
Descobri isso com a Lígia, toda falante, contando vários casos e sempre falando de alguém que conhecíamos e ao final ela sempre dizia: sabia que ele é de Ubá?
Isso é mesmo a mineridade.
Foi ela quem me mandou esta brincadeira para o meu “Especial de Natal” do meu Jardim das Letras.
Vejam que bacana!


PARABÉNS

1 – Você tem muita sorte. Foi premiado com este presente. Somente o amor, o perdão é capaz, de curar o mundo. Observe os amigos e passe este presente a quem você acha uma pessoa ALEGRE.

2 – Alegria, alegria! Hoje é o dia da festa. Pessoas como você transmitem alegria e alto astral. Parabéns! Com sua alegria você modifica o mundo, mas o presente não será o seu. Passe-o a quem você acha INTELIGENTE.

3 – A inteligência nos foi dada por Deus. Parabéns por ter encontrado espaço para demonstrar este talento, pois muito de nossos irmãos são inteligentes e a sociedade com seus bloqueios de desigualdade impedem que eles desenvolvam sua inteligência. Mas o presente ainda não será seu. Passe-o a quem lhe transmita PAZ.

4 – O mundo inteiro clama paz e você, gratuitamente, recebeu esta paz e transmite esta tão grande riqueza. Parabéns! Você esta fazendo falta às grandes potências do mundo, responsável por tantos conflitos entre a humanidade. Com muita paz, passe o presente a quem você considera AMIGO.

5 – Amigo é coisa para se guardar do lado esquerdo do peito, diz uma canção. Quem possui um amigo, possui um tesouro. Parabéns por ser amigo e passe o presente a quem considera DINÂMICO.

6 – Dinamismo, fortaleza, coragem e compromisso irradiam energia. Seja presente multiplicador de boas idéias e boas ações em seu meio. Parabéns! Mas passe o presente a quem acha SOLIDÁRIO.

7 – Parabéns, você é um seguidor dos ensinamentos de Cristo. Solidariedade é um grande valor, um valor extremamente necessário, mas veja os amigos e passe o presente a quem você acha ELEGANTE.

8 – Parabéns, a elegância completa a criação humana e sua presença torna-se mais marcante, tomando mais irradiante, mas o presente ainda não é seu. Passe-o a quem você acha SEXY.

9 – Parabéns! A sua sexualidade torna-se a sua presença ainda mais marcante, mas o presente ainda não será seu. Passe-o a quem você acha uma pessoa SIMPÁTICA.

10 – Parabéns, a sua simpatia lhe torna uma pessoa agradável de conviver e, todos os que estão ao seu lado se sentem gratificados com sua presença, mas procure entre os amigos e passe o presente a quem você acha CARIDOSA.

11 – Parabéns, a caridade é a maior das virtudes e, com certeza, Deus estará sempre contigo, mas o presente ainda não é seu. Passe-o a quem você acha ENGRAÇADA.

12 – Parabéns! Deve ser muito gostoso conviver com você, uma pessoa que adoça a vida com o seu sorriso, e faz com que os outros sorriam também. Entretanto, o presente ainda não será seu. - Passe o a uma pessoa OTIMISTA.

13 – Quem tem fé em Deus é sempre otimista. Parabéns por esta sua postura diante da vida, mas veja os amigos e o passe o presente a quem você considera uma pessoa JUSTA.

14- Justiça! Foi o que Cristo pediu para o seu povo e, por isso, foi crucificado. Mas não desanime. Ser justo é colaborar com a transformação de nossa sociedade. Mas não desanime. Ser justo é colaborar com a transformação de nossa sociedade. Mas, já que você é justo, não vai querer o presente só para você. Abra-o e distribua com todos desejando-lhes FELICIDADES!!

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Arranjo de Natal - Verde Que Te Quero Verde

História e drink da semana - Drink especial de Natal...

Um Natal especial no meu Jardim...

Nesse especial de Natal que eu desenvolvi, aqui no meu "Jardim", eu pude mergulhar tão profundamente nas várias facetas das comemorações natalinas, que cheguei a uma conclusão: As comemorações de Natal merecem um olhar especial.

Vamos comemorar com tudo que temos direito...

Mesa de "Welcome Drink"

Sangria
Drinks feitos com o delicioso licor Amarula
Drink especial de Natal (Receita ao final desse post)
Espumantes, vinho branco, vinho tinto, cerveja, água Mineral com e sem gás, refrigerantes e suco de frutas.

No cardápio não pode faltar: Antepastos, saladas, iguarias, molhos, patês, pães variados, pratos quentes, sobremesas, mesa de café e mesa de licores.

Sete dicas de Natal

Para termos um Natal realmente completo, pleno, em sua "forma e conteúdo", não podemos esquecer alguns detalhes importantes.
São pequenas coisas que são tão saborosas quanto uma mesa farta e que fazem a diferença:

01. Assista a filmes natalinos.
02. Aproxime-se de seus familiares e amigos, nenhum natal é completo sem aqueles que você ama.
03. Coloque canções de natal para tocar.
04. Enfeite, decore, ornamente o máximo que puder, espalhe motivos natalinos por todo o ambiente.
05. Espalhe alguns presentes embaixo da árvore de natal, se presenteie também, isso faz com que a casa ganhe ainda mais um ar festivo e motivará as pessoas.
06. Faça uma lista tipo "contagem regressiva" para que todos vejam.
07. Pratique a generosidade, doe seu tempo e/ou dinhheiro para aqueles que necessitam. Você pode aproveitar para ser o papai noel ou mamãe noel de uma criança carente.

Drink especial de Natal...



















Ingredientes

• 1 unidade(s) lata de leite condensado
• 1 unidade(s) lata (medida) de vinho do Porto
• 1/2 unidade(s) maçã lavada e cortada com casca
• 8 unidade(s) pedras de gelo picadas
• 2 vezes a mesma medida da lata de champagne

Modo de preparo

Bata no liquidificador o leite condensado, o vinho do Porto, a maçã e o gelo. Passe a bebida para uma jarra e acrescente champagne. Sirva a seguir.

Fonte: Internet.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Noite Feliz...

A mais famosa canção de Natal, “Noite Feliz”, foi composta nas vésperas do Natal de 1818, na aldeia austríaca de Oberndorf, nas montanhas do Tirol, pelo padre Joseph Mohr, que fez os versos, e pelo mestre-escola Franz Xavier-Gruber, que escreveu a música.
Nas missas da meia-noite as pessoas estavam acostumadas a ouvir a melhor música. Veio a descobrir-se, entretanto, que o órgão tinha sido estragado pelos ratos e não havia possibilidades de o reparar a tempo.
Surgiu então a ideia de compor uma canção para que o organista, excelente tocador de violão, a apresentasse naquela noite, tendo sido cantada por um coro de crianças acompanhado por uma viola de 12 cordas.
“Noite Feliz” – a canção do Céu, como lhe chamam – é hoje cantada em todo o mundo.
Para a língua portuguesa foi feita uma feliz tradução por Frei Pedro Sinzig:

Noite Feliz! Noite Feliz!
O Senhor, Deus de Amor,
pobrezinho, nasceu em Belém.
Eis na lapa Jesus, nosso Bem.
Dorme em paz, ó Jesus!
Dorme em paz, ó Jesus!

Noite Feliz! Noite Feliz!
Eis que no ar vêm cantar
Aos pastores os Anjos dos céus
Anunciando a chegada de Deus,
De Jesus Salvador!
De Jesus Salvador!

Noite Feliz! Noite Feliz!
Ó Jesus, Deus da luz,
Quão afável é Teu coração
Que quiseste nascer nosso irmão
E a nós todos salvar!
E a nós todos salvar!


Enya - Silent Night (in Irish) Christmas Lyrics




Fonte: Internet.

domingo, 6 de dezembro de 2009

Charles Dickens, uma inspiração...




















Talvez o mais conhecido personagem inspirado nesta obra seja o Tio Patinhas (em inglês: Uncle Scrooge), o avarento da Disney que, junto com Mickey, protagonizou o desenho animado, Mickey's Christmas Carol (1983), baseado em A Christmas Carol, o mais famoso dos contos de Natal de Dickens, que conta também com The Chimes (Os Carrilhões).


















É possível encontrar também uma referência no filme Shrek. Na parte final, quando os personagens cantam juntos, o bonequinho de gengibre diz, apoiado numa muleta: "Deus abençoe a todos". Essa é uma fala de Tiny Tim, que também tem deficiência.O que mostra a referência de Charles Dickens em tempos atuais.























Outra referência feita é no filme O Expresso Polar, com Tom Hanks. Nele o protagonista que não acredita em Natal passa por um vagão no trem atulhado de bonecos. Uma marionete de nariz aquilino apresenta-se como Ebenezer Scrooge e o chama de cético.























Em 1992, Os Muppets adaptaram a obra no filme The Muppet Christmas Carol, que estrelou Michael Caine no papel de Scrooge e Caco, o Sapo no papel de Bob Cratchit. Gonzo aparece no papel do próprio Charles Dickens, que é o narrador do filme.

Uma outra homenagem às obras de Natal de Dickens é pouco conhecida.
À luz da morte do escritor, uma menina que vendia flores às portas de um teatro de Londres falou: "Morreu Dickens? E o Papai Noel, será que morreu também?

Fonte: Wikipédia

sábado, 5 de dezembro de 2009

A Christmas Carol - Charles Dickens...



















A Christmas Carol é um livro de Charles Dickens.
Com várias traduções no Brasil, sendo a mais correta "Um Cântico de Natal", o livro foi escrito em menos de um mês, originalmente para pagar dívidas, mas tornou-se um dos maiores clássicos natalinos de todos os tempos.
Charles Dickens o descreveu como seu "livrinho de Natal", e foi primeiramente publicado em 19 de dezembro de 1843, com ilustrações de John Leech.
A história transformou-se instantaneamente num sucesso, vendendo mais de seis mil cópias em uma semana.

Sinopse

Ebenezer Scrooge é um homem avarento que não gosta do Natal.
Trabalha num escritório em Londres com Bob Cratchit, seu pobre, mas feliz empregado, pai de quatro filhos, com um carinho especial pelo frágil Pequeno Tim, que tem problemas nas pernas.
Numa véspera de Natal Scrooge recebe a visita de seu ex-sócio Jacob Marley, morto havia sete anos naquele mesmo dia.
Marley diz que seu espírito não pode ter paz, já que não foi bom nem generoso em vida, mas que Scrooge tem uma chance, e por isso três espíritos o visitariam.

O primeiro espírito chega, um ser com uma luz que emanava de sua cabeça e um apagador de velas embaixo do braço à guisa de chapéu.
Este é o Espírito dos Natais Passados, que leva Scrooge de volta no tempo e mostra sua adolescência e o início da sua vida adulta, quando Scrooge ainda amava o Natal. Triste com as lembranças, Scrooge enfia o chapéu na cabeça do espírito, ocultando a luz.
O espírito desaparece deixando Scrooge de volta ao seu quarto.

O segundo espírito, o do Natal do Presente, é um gigante risonho com uma coroa de azevinho e uma tocha na mão.
Ele mostra a Scrooge as celebrações do presente, incluindo a humilde comemoração natalina dos Cratchit, onde vê que, apesar de pobre, a família de seu empregado é muito feliz e unida.
A tocha na mão do espírito tem a utilidade de dar um sabor especial à ceia daqueles que fossem "contemplados" com sua luz.
No fim da viagem, o espírito revela sob seu manto duas crianças de caras terríveis, a Ignorância e a Miséria, e pede que os homens tenham cuidado com elas.
Depois disso vai embora.

O terceiro espírito, o dos Natais Futuros, apresenta-se como uma figura alta envolta num traje negro que oculta seu rosto, deixando apenas uma mão aparente.
O espírito não diz nada, mas aponta, e mostra a Scrooge sua morte solitária, sem amigos.

Após a visita dos três espíritos, Scrooge amanhece como um outro homem.
Passa a amar o espírito de Natal, e a ser generoso com os que precisavam, e a ajudar seu empregado Bob Cratchit, tornando-se um segundo pai para Pequeno Tim.
Diz-se que ninguém celebrava o Natal com mais entusiasmo que ele.

Fonte: Wikipédia.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Natal da Turma da Monica...

Como vocês já puderam desconfiar, eu sou uma fã de carteirinha do Mauricio de Souza e da Turma da Mônica, tanto que fiz um post dedicado aos 50 anos de carreria dele e do Bidu: Mauricio de Souza e Bidu completam 50 anos de carreira...

Pesquisando e passeando pela net, como eu sempre faço, dou de cara com esse vídeo histórico.
Ele passava na TV nos anos 70 e era um marco absoluto.
Crianças de todas as idades se emocionavam com a Turminha e sinceramente, essa singeleza, lirismo e poesia, me emocionam até hoje.

E como recordar é viver e viver só vale se for para compartilhar, compartilho com quem ainda não conhece ou não viu, com aqueles, que como eu, adorariam revê-lo e faço uso dele para desejar:

"Feliz natal pra todos, um feliz natal..."

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

guirlandas e coroas de natal...























É costume pendurar no lado de fora da porta, uma coroa, durante os doze dias do Natal.
Este costume é mais popular nos Estados Unidos, mas espalhou-se para o resto do mundo cristão, devido à influência do cinema americano.
Atualmente, dizemos frequentemente "à sua saúde", quando compartilhamos com amigos e familiares uma bebida.
Para os romanos, a oferta de um ramo de uma planta significava um voto semelhante.
O uso de coroas remonta à Roma antiga e para as tornar mais atraentes, tornou-se costume enrolar esses ramos numa coroa.
Para aumentar as possibilidades de todos os da casa terem saúde no ano seguinte, os romanos exibiam essas coroas nas portas.
Atualmente, as pessoas compram a coroa de Natal que penduram na porta da frente, mas, rigorosamente falando, se desejarmos seguir com toda a tradição romana, só devíamos pendurar as coroas que nos tivessem sido presenteadas por outras pessoas.

Fonte: Internet.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

História e drink da semana - Amarula - Segundo Ato..

Como eu já disse anteriormente no post "História e drink da semana - Sangria", todas as comemorações merecem bebidas especiais e que necessariamente combinem com o cardápio escolhido.
Como uma segunda opção para as comemorações Natalinas, eu trouxe quatro sugestões de Drinks feitos com o delicioso licor Amarula, que possui um sabor suave semelhante ao caramelo.
Já falei sobre ele no post "História e drink da semana - Amarula", e lá, você encontra inclusive uma receita para fazer o seu próprio Amarula...

Refrescante além de saboroso, que tal se arriscar como "Bartender", na Noite de Natal, com o auxilio luxuoso do elephant tree (árvore do elefante)?

















Amarula on the Rocks
O mais tradicional dos drinks.
Basta colocar gelo à vontade no copo e depois encher com o licor Amarula Cream. Simples e gostoso.

Amarula Frozen
Em um liquidificador, adicione gelo em cubo até 3/5 de sua capacidade.
Em seguida coloque 2/5 de Amarula.
Bata todos os ingredientes até ficar “frozen”.
Sirva em um copo alto.

Amarula Creme Papaya

Ingredientes:
60 ml de Amarula
2 bolas de sorvete de creme
1 mamão papaya
5 cubos de gelo

Modo de preparo:
Em um liquidificador, adicione todos os ingredientes e bata até ficar homogêneo. Sirva em uma taça Catalina.

Amarula Cream Splash

Ingredientes:
70ml de Amarula
40ml de vodka
1 e ½ bola de sorvete de creme
50ml de pêssego (em calda ou fruta)

Modo de preparo:
Bata todos os ingredientes no liquidificador com pedras de gelo.

Fonte: Internet.

um presépio especial da Verde Que Te Quero Verde...

Atendendo ao pedido da minha amiga Regina Rozenbaum, que me confidenciou ter se emocionado com a simplicidade e beleza desse presépio, resolvi postá-lo em sua homenagem e espero que ele toque também os corações de todos.
Interessante e revelador perceber a força e a beleza que se manifesta nas coisas mais simples...